quarta-feira, 18 de março de 2009

Motociclistas ou Gangues? Motoclube ou Facção Criminosa? Homens ou Bandidos?
CONHEÇA A VERDADE ! Saiba sobre o 1%ers !

No Brasil pouco sabe-se da realidade escondida no motociclismo, afinal aqui o surgimento de grupos e o uso da denominação MC além de recente quando comparado a outros países, sua grande maioria são criados com um único e bom propósito, o de lazer. Junta-se um grupo de meia dúzia de amigos, as vezes menos e funda-se uma associação denominada Motoclube ou abreviado MC. Acontece que da mesma forma que estas boas pessoas que buscam lazer e descobriram vantagens ao andar em grupo, outras pessoas, mal intencionadas e com propósitos voltados para obtenção de lucro fácil passando por cima das leis, descobriram as vantagens de usar o MC para disfarçar uma grande estrutura criminosa, por vezes internacional. Quem está de fora, principalmente as autoridades, não enxergam e não tem motivos para desconfiança afinal eles fazem de tudo e insistem dizendo tratar-se de grupos voltados para o lazer e ainda fazem ações filantrópicas e eventos públicos em suas regiões despistando qualquer tipo de desconfiança. Na verdade reza a lenda que alguns motociclistas de grupos são maus, na verdade não trata-se de lenda, estes criminosos que estão disfarçados em MC são realmente maus, envolvendo-se frequentemente em brigas e violência em eventos do gênero e também fora deles tendo sua grande maioria envolvimento com consumo de drogas. No Brasil, ainda não temos em estatísticas policiais a violência e troca de tiros entre este tipo de gangues o que já ocorre com freqüência em alguns países e pode ser acompanhado por vários endereços na Internet e sites especializados em notícias policiais envolvendo gangues de motociclistas como o Demo World BikerNew-http://demosworld.blogspot.com/,OutlawBikerWorld - http://bikernews.obworld.com/index.cfm?d=news&p=topic&topic=1%er e White Trash Networks - http://www.bikernews.org/wtn/news.php
Os fatos:
De acordo com o SE-GAG (Southeastern Connecticut Gang Activities Group -
http://www.segag.org/ ), uma organização americana que investiga as atividades das diversas gangues a nível nacional, os motoclubes denominados 1% ers ou simplesmente 1% com ramificações em vários países como Outlaws MC , Bandidos MC entre outros são realmente gangues criminosas envolvidas diretamente com o tráfico internacional de drogas comprando cocaína da Colômbia e de Cuba para revenda em vários estados americanos e outros países, o mesmo faz com a Maconha e outras drogas. Essas organizações disfarçadas de Motoclubes também mantém diversos laboratórios clandestinos para manipulação e refino de drogas como anfetaminas e outros conhecidos como LSD, Êxtase, PCP entre outros.O SE-GAG ainda apurou que essas gangues criminosas internacionais disfarçadas de motociclistas estão envolvidos com crimes de adulteração de documento e chassi de veículos automotores que são na maioria das vezes roubados para seu uso ou comercialização das peças assim como sabe-se do envolvimento na prostituição onde exploram o sexo de mulheres, em sua grande maioria viciadas em drogas, que trabalham em casas noturnas mantidas por estas organizações. Para ter uma idéia da agressividade desses grupos, alguns podem ser identificados pelas suas ações de represálias a inimigos como é o caso do Pagan's MC 1% que deixa costumeiramente como marca de sua vingança cruel dois tiros de revolver Colt .38 na parte traseira da cabeça do inimigo.
1%ers ou 1%:
De acordo com a SE-GAG e confirmado através de várias pesquisas essa simbologia surgiu de uma indicação da AMA (Associação Americana de Motociclistas) que no passado afirmava que 99% dos motociclistas eram pessoas de bons princípios e 1% eram sujeitos desajustados, fora da lei. Atualmente o real significado da terminologia 1%ers ou simplesmente 1% de acordo com a SE-GAG trata-se de uma marca para indicar que o sujeito é um fora-da-lei, um sinal de que o grupo em questão está envolvido no crime e disposto a defender seu território, portanto outras gangues são seus rivais e em hipótese alguma compartilham uma mesma área. Algo parecido como são no Brasil as facções criminosas PCC (Primeiro Comando da Capital) de São Paulo, CV (Comando Vermelho), TC (Terceiro Comando), ADA (Amigo dos Amigos) e TCP (Terceiro Comando Puro) estas do Rio de Janeiro. O único diferencial é que essas facções criminosas do Brasil são criminosos assumidos e não estão disfarçados no meio motociclístico através de Motoclubes. No exterior todo Motoclube 1% tem seus membros ligados a criminalidade, usam armas e normalmente encontros com outras gangues resultam em sangue, tiros e mortes assim como é aqui no Rio de Janeiro a rivalidade entre as facções criminosas.

No Brasil nos últimos anos começaram a surgir grupos de motociclistas violentos, com evidente envolvimento no consumo de drogas e agora alguns começam a sustentar a terminologia do 1%. Eu os faço uma pergunta: Será que eles estão apenas brincando de imitar os grupos criminosos americanos e demais internacionais ou estariam também solidificando-se em facções criminosas? Um grupo que destaca-se no Brasil pelo seu tamanho e evidência seus membros começam a sustentar a simbologia 1% e por sinal já iniciou capítulos de conflitos tanto dentro como fora do Brasil. Fazendo uma busca pela Internet já é possível encontrar discussões em fóruns internacionais onde figuram em atrito com certas gangues internacionais como pode ser verificado no Desguace Foro um site em Espanhol que promete discussão sobre motos e clubes sem censuras. Seria ótimo a certeza que tudo envolvendo clubes Brasileiros fossem parte de uma brincadeira de imitação, mas, infelizmente pesquisas tem mostrado o contrário e para evitar falsas suposições citando nomes indevidamente fizemos uma busca atrás de indícios e lamentavelmente todo achado leva ao caminho escuro, da marginalidade que um dia poderá fazer muitas famílias brasileiras chorar a perda de entes queridos em nosso Brasil.
No site
é possível encontrar a simbologia do 1% assim como é visto em suas vestes e também outras diversas fotos com o grupo criminoso Outlaws MC e frases nazistas assustadoras. Para quem não conhece, no Brasil as festas de alguns Motoclubes existe um clima conhecido como "legalize" onde o uso de certas drogas, principalmente a Maconha é tido como normal assim como shows públicos com nudez total feminina caracterizando a prostituição, no exterior essas gangues conseguiram burlar a polícia e as autoridades por décadas e algumas como as citadas neste artigo infelizmente ainda continuam agindo fervorosamente.

Resumo:
É tudo muito triste e o Brasil provavelmente será palco de mais esta modalidade criminosa, um novo gênero de violência. Lamentável ver tantos homens, brasileiros, muitas vezes pai de família estar a colaborar com este tipo de organização e o mais triste ainda é saber que muitas vezes o crescimento vem com ajuda e suporte de pessoas eleitas e pagas para defender o interesse público e coletivo, pessoas que recebem salário do estado para garantir o bem estar do cidadão brasileiro, como é o caso de policiais, políticos e pessoas que ocupam cargos públicos ou representativos na sociedade e dão apoio a estas gangues. Pode ser tarde mas insisto a todos em forma de apelo que tenham um pouco de amor ao próximo e sejam solidários com a sociedade e com vossa a pátria, temos tudo aqui, não é preciso copiar e reviver esta modalidade criminosa americana em nosso país. Espero que tanto as pessoas que vem apoiando assim como as que encabeçam estes grupos, reflitam e passem a enxergar o mal que fazem a humanidade, que tenham um pouco de fé e juízo. Sempre vem a minha mente a pergunta: O que será da próxima geração? O que será de vossos filhos e filhas? Enfim, que este artigo ilumine essas mentes!

13 comentários:

  1. Marcos.

    Meu consolo é que a leitura de seu artigo deixa claro e evidente, tanto para bikers como para pessoas que não fazem parte da cena biker no Brasil, que você não faz a mínima idéia do que está dizendo.

    Eu me explico:

    Você diz: "No Brasil pouco sabe-se da realidade escondida no motociclismo".
    Eu digo: Isso é uma verdade válida não somente para o Brasil, mas para o mundo inteiro. As autoridades e a mídia não fazem a menor idéia da realidade de ser um biker, mas como ALGUNS bikers optam por levar uma vida criminosa (assim como MUITAS pessoas que vivem dentro de muitos outros ambientes, principalmente o ambiente político e o policial), então eles escolheram utilizar seu poder de formação de opinião para rotular o que eles não entendem.
    Infelizmente temer o desconhecido é uma tendência natural do ser humano.

    Você diz: "pessoas, mal intencionadas e com propósitos voltados para obtenção de lucro fácil passando por cima das leis, descobriram as vantagens de usar o MC para disfarçar uma grande estrutura criminosa, por vezes internacional." Eu digo: Prove. Até agora as autoridades não conseguiram provar que a formação dos clubes 1% que eles taxam de organizações criminosas são, efetivamente, organizações criadas para tal fim. E sabe por que? Porque elas não o são.
    Se o fato de haver criminosos dentro de uma organização é evidência suficiente para se taxar tal organização de criminosa, então a polícia e todo o congresso são organizações criminosas, concorda? Temos que refletir um pouco mais sobre generalizar tal termo, pois isso, a exemplo do que acontece em outros países, pode acabar muito mal aqui no Brasil, fazendo de pessoas inocentes alvos das autoridades e limitando o direito à liberdade de associação garantido pela constituição, o que é um absurdo. Se de-repente um membro de sua familia estiver envolvido com o crime organizado e você e sua familia forem presos sob suspeita de ser uma "familia mafiosa" você entenderá o que eu quero dizer.

    Você diz: "... reza a lenda que alguns motociclistas de grupos são maus, na verdade não trata-se de lenda, estes criminosos que estão disfarçados em MC são realmente maus, envolvendo-se frequentemente em brigas e violência em eventos do gênero e também fora deles tendo sua grande maioria envolvimento com consumo de drogas."
    Eu digo: Se eu insultar um homem de verdade, o mínimo que eu vou esperar dele é que ele me dê uma porrada na cara. Eu digo isso porque é o que eu faria com qualquer um que me insultasse. Brigas entre homens sim definem o caráter deles. Do seu ponto de vista dois homens que utilizam os punhos numa contenda de igual para igual podem ser trogloditas e talvez sejam uma ameaça à sociedade. Do meu ponto de vista eles apenas estão resolvendo suas diferenças da forma mais eficiente possível e honrando suas calças. Éssa é a diferença entre nós dois e é devido a essa diferença que talvez você nunca entenderá a realidade de ser um biker. Isso nada tem a ver com ser uma pessoa má. Já as drogas, bem, meu caro, lamento lhe dizer, mas elas estão presentes em todas as esferas da sociedade, podem, inclusive, estar presentes dentro de seu círculo de pessoas mais próximas. Grandes executivos de empresas fazem uso de drogas. Nós dois sabemos que personalidades cuja hedoneidade é intocável fazem uso de drogas. A diferença entre moto clubes e outros meios sociais é que nós cuidamos de nossos IRMÃOS que fazem uso de drogas em vez de excomungá-los, porque a irmandade que existe
    dentro da subcultura biker não dá lugar à hipocrisia.

    Você diz: "No Brasil, ainda não temos em estatísticas policiais a violência e troca de tiros entre este tipo de gangues" e depois você mesmo diz: "Seria ótimo a certeza que tudo envolvendo clubes Brasileiros fossem parte de uma brincadeira de imitação, mas, infelizmente pesquisas tem mostrado o contrário"
    Eu digo: Ok, Marcos. Por favor me mostre as estatísticas de tais pesquisas. Ou elas não existem, como você primeiramente declarou? Ok, foi uma contradição, está perdoado. Isso ocorre e tende a ocorrer frequentemente quando se fala de algo que não se entende.

    Você diz: "De acordo com o SE-GAG (Southeastern Connecticut Gang Activities Group -
    http://www.segag.org/ ), uma organização americana que investiga as atividades das diversas gangues a nível nacional, os motoclubes denominados 1% ers ou simplesmente 1% com ramificações em vários países como Outlaws MC , Bandidos MC entre outros são realmente gangues criminosas envolvidas diretamente com o tráfico internacional"
    Eu digo: Como já disse, tal informação não procede (não me refiro ao seu artigo, mas à colocação que a SE-GAG faz). Ainda não foi provado em nenhum pais que o objetivo de tais clubes (agora você resolveu dar nomes aos bois, né? Talvez porque você saiba que tais clubes não tem representação aqui no Brasil...) é a formação de quadrilha. Se isso fosse verdade todos os integrantes conhecidos de tais organizações estariam presos por ligações com uma organização criminosa. Veja bem, Marcos, o que aconteceria aqui no Brasil se ficasse provado que eu sou um integrante do PCC ou do Comando Vermelho? Eu seria preso no ato. Diferente dos moto clubes internacionais, cujos integrantes assumem abertamente serem integrantes dos respectivos clubes, pois ostentam o brasão em tempo integral. Cara, é preciso ter muito cuidado com o que se diz, pois, como eu já disse, isso pode colocar muita gente inocente sob a mira das autoridades.

    Você diz: "O SE-GAG ainda apurou que essas gangues criminosas internacionais disfarçadas de motociclistas estão envolvidos com crimes de adulteração de documento e chassi de veículos automotores que são na maioria das vezes roubados para seu uso ou comercialização das peças"
    Eu digo: Você está tentando enfatizar o ponto da mídia e das autoridades sobre clubes
    internacionais que não tem representação no Brasil. Mas tudo bem, tudo para contextualizar seu ponto sobre os clubes no Brasil... ok, agora, sobre tal crime, pode ficar tranquilo. Os despachantes e o DETRAN já fazem isso há muitos e muitos anos no Brasil.

    Você diz: "Eu os faço uma pergunta: Será que eles estão apenas brincando de imitar os grupos criminosos americanos e demais internacionais ou estariam também solidificando-se em facções criminosas? Um grupo que destaca-se no Brasil pelo seu tamanho e evidência seus membros começam a sustentar a simbologia 1% e por sinal já iniciou capítulos de conflitos..."
    Eu digo: Agora convêm ocultar nomes, não é? Bom, Marcão, eu digo que muitos clubes no Brasil sim brincam de imitar os clubes estrangeiros e poucos são os clubes formados por bikers de verdade, ou seja, indivíduos que abraçãm a vida sobre duas rodas e não tem raízes na sociedade e nem regem suas vidas de acordo com os padrões que a sociedade estipula para que um homem seja considerado um "cidadão". Agora, "solidificar-se em uma facção criminosa" já é demais, né? Tá muito na cara, Marcão, que você nunca chegou nem perto da subcultura biker. Nunca foi a uma festa. Nunca viu uma criança crescendo em meio a essas familias de pessoas que valorizam muito mais uma palavra e um aperto de mão do que um papel.

    Você diz: "Para quem não conhece, no Brasil as festas de alguns Motoclubes existe um clima conhecido como "legalize" onde o uso de certas drogas, principalmente a Maconha é tido como normal assim como shows públicos com nudez total feminina caracterizando a prostituição"
    Eu digo: ... acho que tô ficando velho pra me explicar... cara, desculpa, mas meu conceito de diversão e o seu são muito diferentes...

    VocÊ diz: "É tudo muito triste e o Brasil provavelmente será palco de mais esta modalidade criminosa, um novo gênero de violência. Lamentável ver tantos homens, brasileiros, muitas vezes pai de família estar a colaborar com este tipo de organização e o mais triste ainda é saber que muitas vezes o crescimento vem com ajuda e suporte de pessoas eleitas e pagas para defender o interesse público e coletivo, pessoas que recebem salário do estado para garantir o bem estar do cidadão brasileiro, como é o caso de policiais, políticos e pessoas que ocupam cargos públicos ou representativos na sociedade e dão apoio a estas gangues"
    Eu digo: Agora você está falando de criminosos de verdade. E escondidos, atráz de uma farda ou de um cargo público. E que movimentam mais dinheiro ilícito do que QUALQUER facção criminosa no mundo inteiro. Mas bem, sim, é triste saber que o Brasil será palco de tudo o que acontece lá fora, pois pessoas como você, junto à mídia e às autoridades preferem ROTULAR ao invés de ESCLARECER. FORMAR OPINIÃO ao invés de apresentar fatos reais. GENERALIZAR ao invés de FOCAR. JULGAR ao invés de ENXERGAR.

    Vou terminar com uma frase muito conhecida, cara, pois ela reflete muito bem a minha postura com relação a pessoas como você:


    NÃO ME JULGUE COM BASE EM SUA IGNORÂNCIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei cara, você sabe o que fala.

      "Nossa função como ser humano não é julgar, é amar.

      Excluir
  2. no mínimo vc nunca foi à algum encontro de motoclube pra ver qual é a real!!
    vc não sabe doq tá falando e não passa de um imbecil... comparar motoclube com o pcc??
    vai se fuder!!
    antes de ter qq opinião babaca, primeiro pesquise direito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk é isso aí, pau na ignorância.

      Excluir
  3. Nossa fiquei impressionado com o texto deste... bom não sei nen qual o nome dar esta pessoa que escreve tanta bobeira. Sou do DF faço parte de MCC clube aqui de tradição com vinte anos de aonde faço o convite para este pessoa tão pequena e de muita ignorância, para o dia em que ele quiser vim visitar nossa sede, aonde minha esposa e meu filho sempre estão comigo. carra deixa de ser babaca não sai por ai colocando coisas na internet que você nem sabe...

    ResponderExcluir
  4. Papel aceita tudo! É fácil escrever um punhado de baboseira com base em outras baboseiras escritas por pessoas de mente fechada e de coração cheio de preconceito e inveja. Realmente lendo esta matéria referindo-se ao Moto Clubes, dá pra ver nitidamente o quanto seu autor é um cara preconceituoso e que tenta à todo custo impor suas idéias erradas aos leitores menos informados . . . em todo tipo de sociedade existem aqueles que não se enquadram ao perfil do "homem" perfeito! Porque generalizar toda uma classe de pessoas quando se tem problemas com apenas alguns que se dizem pertencer a esta classe? Meu conselho ao autor desta materia é para que ele conheça realmente as pessoas que fazem parte dos Moto Clubes e que veja que em sua grande maioria são pessoas bem casadas, trabalhadoras e que honram seus compromissos, não existem "bandidos" em nosso meio, existem bandidos que se dizem motoqueiros, esta é a grande diferença! Não julgue um livro pela capa, primeiro adquira seu conhecimento depois venha à julgá-lo!

    ResponderExcluir
  5. relmente existe sim moto clube e gange mas si voçe contar ou separar voçe vai ver que sao poucos eu faço parte de um moto clube,mc e aquele que nao tem medo de sair com a familia,que aonde si reuni e para curti fas amigos aonde voçe chega e sente um clima bom agradavel,e tem aqueles mc que voçe denomina(gange)que fica esolado sem conversa sen muintos amigos,mas afinal em toda area tem o serto e o errado,o bom eo ruin,assin como na (POLICIA ,NA POLITICA, NO SEU PROPRIO EMPREGO E ATE MESMO DENTRO DE UMA IGREJA)mas e isso ai falao mal mas falao de nos

    ResponderExcluir
  6. na verdade nos temos que leva muito a serio esse mundo do motociclismo em relação a moto clube mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Nem acredito no que acabei de ler!
    Amigo, você está por fora, ou melhor, você está por dentro...por dentro de seu mundinho imaginário, onde a mentira que você inventa para sí, passa a ser a sua verdade...mas daí a escrever este lixo todo na internet, alimentando a ignorância dos mais ignorantes e, ainda por cima, fazendo insinuações a determinados MC's (porque você não colocou o nome por ser medroso, mas deu a entender de quem falava) e de maneira injusta rotulando de facção criminosa? Qual é amigo, acorda pra vida. Imagino que você seja uma pessoa recalcada, frustrada, alguém que quando criança queria se divertir mas a mamãe não deixava você se sujar, passou a vida olhando do mundo aquilo que se podia ver da sua janela cheia de grades de medo. Você é a escória, vomita seus medos sem dar a chance de uma contrapartida, mas isso é quem você é, se aceite e não canalize sua raiva de sua provável vidinha monótona para aqueles que nada tem com isso. Procure um terapeuta e se trate. Seu louco.

    Ass. JP ctba.

    ResponderExcluir
  8. MEU FILHO APAIXONADO PELO MOTOCICLISMO ENTROU PARA O MOTO CLUBE ABUTRES, MAIS INFELIZMENTE SE ENVOLVEU COM O LIXO DOS COMPONENTES, E NA FESTA DE ANIVERSÁRIO DO PRESIDENTE LIRA EM CAMPINAS, SIMPLESMENTE SUMIU E TEMOS DENÚNCIAS QUE ELE FOI MORTO COM UM TIRO PELAS COSTAS E ENTERRADO NA REGIÃO, E NAS INTERROGAÇÕES NO DHPP ELES ALEGAM QUE NINGUÉM VIU E TAMBÉM NINGUÉM GOSTA DE COMENTAR O CASO, E FIQUEI SABENDO QUE EM UMA REUNIÃO O PRESIDENTE ALEGA QUE ELE FOI EMBORA PARA O MATO GROSSO,MENTIRA SOU MÃE,ELE FOI ELIMINADO,MAIS TENHO CERTEZA QUE QUEM MANDOU OU QUEM FEZ VAI PRESTAR CONTAS COM A JUSTIÇA DIVINA E COM A POLÍCIA

    ResponderExcluir
  9. Nem tudo na vida é "Sons of Anarchy"...

    ResponderExcluir