quinta-feira, 23 de abril de 2009

DROGAS = CRIME ORGANIZADO



PRINCIPAIS FACÇÕES CRIMINOSAS DO BRASIL


No Brasil, existem várias organizações criminosas a saber: PCC - Primeiro Comando da Capital, aliada ao CV - Comando Vermelho do Rio de Janeiro, aliada também a várias organizações criminosas de outros estados, como por exemplo o PCP - Primeiro Comando do Paraná, entre outros. Há também o Terceiro Comando - do Rio de Janeiro, que é oposição ao CV, consequentemente ao PCC e em São Paulo há também o Terceiro Comando da Capital - TCC, oposição ao PCC e consequentemente ao CV.

São partidos do crime que de maneira rigorosa, monitoram o comportamento do seus membros que quando quebram a regra que reza os seus respectivos estatutos, são primeiramente suspensos e em muitos casos excluídos da irmandade. Os excluídos não desfrutam de nenhum privilégio como os membros em atividade normal, até que, no momento oportuno, pagam com a vida pelo deslize cometido. As regras de comportamento dos membros do Primeiro Comando da Capital, são rígidas e a perda do Estatuto é motivo de desonra para o ex-integrante, o excluído. As facções têm como finalidade a busca por lucro através de atividades como tráfico de drogas (inclusive internacional), roubo de cargas, roubo a bancos, e mantêm-se solidificada pois arrecadam mensalmente uma importância em dinheiro dos membros que se encontram privados de sua liberdade, nas unidades prisionais, cerca de R$ 60,00, e dos que se encontram em liberdade, cujo valor da contribuição é de R$ 500,00. Esse dinheiro é investido em drogas e armamento de guerra, bem como repassado para compra de medicamentos, alimentação, passagem para obtenção de visitas para os "irmãos" que se encontram em presídios afastado da Capital, bem como para os que estão em RDE ou castigo. Os integrantes alegam que buscam a paz, a justiça, a liberdade, a igualdade.

Primeiro Comando da Capital

O Primeiro Comando da Capital, também conhecido como PCC, é uma facção criminosa surgida no início dos anos noventa no Centro de Reabilitação Penitenciária de Taubaté, para onde eram transferidos prisioneiros de alta periculosidade com histórico de distúrbios em outras penitenciárias.A organização cresceu e começou a mostrar força em diversas ações, como resgate de presos ou ataques a distritos policiais em todo Estado de São Paulo.
Partindo do Comando Central da Capital do KG do Estado, as diretrizes de ações organizadas simultâneas em todos os estabelecimentos penais do Estado, numa guerra sem trégua, sem fronteira, até a vitória final.16. O importante de tudo é que ninguém nos deterá nesta luta porque a semente do Comando se espalhou por todos os Sistemas Penitenciários do estado e conseguimos nos estruturar também do lado de fora, com muitos sacrifícios e muitas perdas irreparáveis, mas nos consolidamos à nível estadual e à médio e longo prazo nos consolidaremos à nível nacional.

Em coligação com o Comando Vermelho - CV e PCC iremos revolucionar o país dentro das prisões e nosso braço armado será o Terror "dos Poderosos" opressores e tiranos que usam o Anexo de Taubaté e o Bangú I do Rio de Janeiro como instrumento de vingança da sociedade na fabricação de monstros.Conhecemos nossa força e a força de nossos inimigos Poderosos, mas estamos preparados, unidos e um povo unido jamais será vencido.UNIDOS VENCEREMOS

LIBERDADE! JUSTIÇA! E PAZ!


Comando Vermelho


Comando o Vermelho foi criado em 1979 no presídio Cândido Mendes, na Ilha Grande (RJ), a partir do convívio entre presos comuns e militantes dos grupos armados que combatiam o regime militar. Surgiu a partir da Falange Vermelha, com o lema "Paz, Justiça e Liberdade" e institucionalizou o mito das organizações criminosas no tráfico do Rio.A cocaína foi a responsável pela grande ampliação do poder do CV, na virada dos anos 70 para os 80. O Brasil entrou definitivamente na rota da droga, como ponto de distribuição para a Europa e como mercado consumidor do produto de baixa qualidade.Também trouxe armamento pesado, como pistolas, metralhadoras, fuzis, granadas e armamento antiaéreo.Além de dominar morros e favelas, o Comando Vermelho ainda está organizado nos presídios do Rio, como Bangu

Terceiro Comando

O TC (Terceiro Comando) surgiu nos anos 80 como dissidência do Comando Vermelho, a principal organização criminosa do país e do qual se tornou o grande rival, e tem realizado ações marcadas pela extrema violência para tomar os domínios.A prisão de Mauro Reis Castellano, o Gigante, líder do tráfico nas favelas da Maré, resultou em brigas internas no CV. O TC se fortaleceu e passou a dominar comunidades.Castellano foi assassinado em 2000, no presídio de segurança máxima de Bangu

Amigos dos Amigos

A facção ADA (Amigo dos Amigos) foi fundada por Ernaldo Pinto de Medeiros, o Uê, e por Celsinho da Vila Vintém por volta de 1998.Uê foi expulso do Comando Vermelho em 94, após tramar a morte de Orlando Jogador, um dos líderes da principal organização criminosa do Rio de Janeiro.Principal rival do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar (ligado ao CV), Uê foi morto em 2002, durante rebelião liderada pelo Comando Vermelho no presídio de Bangu .Com a morte de Uê e a prisão de Celsinho da Vila Vintém, o TC e a ADA se uniram.

Terceiro Comando Puro

Dissidentes das facções TC e ADA formaram o TCP (Terceiro Comando Puro).


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário